Albinos necessitam de cuidados especiais com a pele

11 de maio de 2017. Categoria(s): Pele

Albinismo é um distúrbio genético que afeta totalmente ou parcialmente a síntese de melanina, levando à falta de pigmentação na pele, pelos, cabelos e olhos, segundo a Dra. Flavia Guglielmino, médica dermatologista membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy of Dermatology. 

Os albinos precisam de cuidados extras, principalmente com o sol. “Essas pessoas não têm a melanina, pigmento que protege a pele da radiação solar. Portanto, não devem ser expostas diretamente ao sol. Precisam usar fotoproteção com filtro solar além de roupas e óculos com proteção solar certificados”, acrescenta.

Cuidados especiais para a pele dos albinos

A farmacêutica e consultora técnica da Biotec Dermocosméticos explica que como uma pessoa albina está mais suscetível aos raios solares e ao calor (UVA, UVB e IRA), é necessário utilizar produtos com alto poder hidratante e antioxidante, principalmente para melhorar a resistência natural desta pele contra as agressões externas. “Antioxidantes são essenciais, como Alistin — um peptídeo biomimético da carcinina que combaterá a formação de radicais livres em três níveis: proteção do DNA, da célula e proteínas. Naturalmente ele trará o estado redox do organismo para o reequilíbrio, melhorando a resistência da pele. Associado ao OTZ 10 que atua varrendo várias espécies de radicais livres e protege a pele dos raios infravermelhos, os produtos diminuem os malefícios do calor e a degradação das proteínas de colágeno. Esta proteção vai além dos filtros, sendo necessário associá-la sempre a um filtro solar”, completa.

Outro ponto importante é a hidratação e o fortalecimento da função de barreira da pele. “O Pro Barrier Repair é um bioativo natural da noz do Shea que aumenta a reepitelização da epiderme e reequilibra o manto hidrolipídico da pele, diminuindo a perda de água da pele. Associado ao Hyaxel, um ácido hialurônico fracionado vetorizado pelo silício orgânico, ativa os canais de aquaporinas e a expressão gênica de proteínas da hidratação”, considera. Mika finaliza: “Assim teremos uma hidratação global de 360ºC em todas as camadas da pele”.